Como preparar camarão?

O camarão é um alimento muito saboroso e também tem os seus truques de preparação. Conheça alguns e faça maravilhas!

Eles pertencem à mesma família da lagosta. As variedades incluem camarão tropical, de água fria e de água doce.

O sabor do camarão varia, dependendo onde foi apanhado ou como foi criado em viveiro. Muitos camarões de viveiro podem ser aguados e de sabor suave, mas aqueles cuja alimentação e suplementada são mais saborosos e de textura mais carnuda.

A cor natural do camarão cru varia, consoante a variedade, desde castanho-esverdeado, cinzento-azulado, rosa-acastanhado a laranja, rosa ou mesmo vermelho-pálido. Depois de cozidos, todos os camarões ficam de varias tonalidades de vermelho.

A escolha:
Os camarões devem ter aspecto e cheiro frescos com cascas brilhantes. Se parecem secos e engelhados, não são frescos ou não foram bem congelados. Excepto o camarão-tigre- negro, nunca compre camarão com manchas negras pois estão estragados, assim como os que tenham casca amarela ou saibrosa, podem ter sido branqueados para remover manchas, e os que tenham manchas brancas e secas, pode ser queimadura de congelador.

É melhor comprar camarões congelados e descongelá-los. É também preferível comprar camarão com casca (mas lembre-se de que 25% do peso se perdera quando descascados); os descascados terão perdido parte do seu sabor. Palpe as embalagens de camarões congelados para ver se estão sólidos.

Camarão cozido:

O camarão cozido é vendido com casca. O pequeno rosa ou castanho pode ser comido inteiro. Coma o corpo inteiro (com a casca), com pão fresco e manteiga.

Camarão comum

Vem sobretudo de mares frios e variam entre 2.5 e 10 cm de comprimento. São vendidos cozidos, com casca e sem casca-frescos ou congelados.

Camarão-jumbo

São camarões de águas tépidas vendidos cozidos com e sem casca.

Nunca deixe camarão congelado ou descongelado numa atmosfera quente, pois as bacterias naturais existentes neles podem multiplicar-se rapidamente, estragando-os e causando intoxicação alimentar.

Como armazenar?
A não ser que sejam usados imediatamente, os camarões congelados devem ser logo colocados no congelador. Os camarões descongelados devem ser guardados tapados no frigorífico até serem usados e ser utilizados no dia de descongelação. Siga as informações da embalagem e use de acordo com a data de validade.

Informação nutricional
O camarão é uma boa fonte de proteínas pobre em gordura e contem ácidos gordos ómega-3. São ricos em potássio e constituem uma fonte útil de zinco – mas são também bastante ricos em colesterol.

Como descascar e estripar camarões?
O veio negro de um camarão é o seu tracto intestinal. Isso pode dar um sabor amargo e é desagradável, pelo que deve ser retirado do camarão cru antes de o cozinhar. Também pode ser removido de camarão grande cozinhado da mesma forma; é mais difícil retirar a tripa ao camarão pequeno cozinhado.

Corte cuidadosamente o camarão grande ao longo da parte inferior com uma pequena tesoura de cozinha. Depois retire a casca, com cuidado para manter o camarão intacto. A cauda pode ficar, se desejar. Com uma pequena faca afiada, faça um corte superficial ao longo do lombo do camarão para expor o veio intestinal escura (nota: em alguns camarões esse veio pode não ser preto e e um pouco mais difícil de encontrar). Retire o veio com a ponta de uma faca, depois enxagúe o camarão debaixo de água fria corrente e seque com papel absorvente.

Como saber que estão prontos?
Quer sejam cozidos, grelhados ou fritos, todos os camarões crus (com ou sem casca) estão cozinhados assim que ficam rosados, ao fim de 3-5 minutos. O camarão muito grande com casca pode necessitar de 1-2 minutos mais para cozinhar bem. Teste espremendo suavemente a casca – o camarão deverá estar firme e não mole. Abra um para ver se a carne está opaca a toda a volta.

 

Fonte: Selecções Reader’s Digest

Comments are closed.